Pedras na Vesícula

Vesícula biliar
especialidades-pedra-vesicula

A vesícula biliar armazena a bile, substância responsável por facilitar a absorção das gorduras. Ela é composta por água, sais biliares, colesterol e bilirrubina. Essas substâncias podem “cristalizar”, uma vez que a bile na vesícula fica mais concentrada.

Esses cristais juntos podem formar os cálculos. Estes podem ser tão pequenos como sementinhas de uva ou atingir o tamanho de bolas de ping-pong.

A depender do tamanho do cálculo, pode-se ter determinadas complicações – cálculos pequenos, em geral menores que 5mm, podem sair da vesícula e gerar coledocolitíase (quando o cálculo impacta na via biliar) ou pancreatite (quando há uma inflamação no pâncreas decorrente da passagem do cálculo).

Quando o cálculo é grande pode impactar dentro da vesícula e gerar colecistite (inflamação da vesícula) ou câncer de vesícula.

Meu exame de ultrassom mostrou pedra na vesícula, preciso operar?

Dans la médécine, comme dans l’amour, ni jamais ni toujours, diziam os antigos clínicos franceses – na medicina, como no amor, nem nunca nem sempre. E essa máxima, é a mais pura verdade.

Se o paciente tem dor, a cirurgia está indicada, sem questionamento.

Em casos assintomáticos de pedra na vesícula, é importante discutir a indicação da cirurgia.

Paciente é diabético? Qual tamanho dos cálculos? Tem pólipos associados? Paciente é jovem? Paciente tem condição clínica? Poderá realizar a cirurgia posteriormente, caso inicie sintomas? Paciente deseja operar?

Após uma série de avaliações, o/a especialista define, junto ao paciente, qual a melhor estratégia para o caso.

Trajetória

Conheça em detalhes a trajetória da Dra. Caroline Petersen:

  • Formada em Medicina pela Universidade Estadual do Piauí (2012).
  • Fez residência em Cirurgia Geral (2013-2015) e em Cirurgia do aparelho digestivo (2015-2017), ambas pela Irmandade da Santa Casa de São Paulo.
  • Atuação na Equipe de Emergência/Pronto Atendimento do Hospital São Luiz Gonzaga 2015-2017.
  • Possui mestrado em Hepatocarcinoma – Câncer de Fígado (2017-2018) e aperfeiçoamento em Fígado e Hipertensão Portal, ambos pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (2017-2019).
  • Instrutora do curso ATLS (Advanced Trauma Life Support) e é titular especialista do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva, além de possuir certificação para área de atuação em Cirurgia do Trauma (2020).
  • Membro da Equipe de Cirurgia do Hospital Estadual de Francisco Morato 2016- 2021.
  • Membro da Equipe de Cirurgia do Hospital Estadual de Franco da Rocha 2017- 2021.
  • Especialização em ensino em saúde pela USP 2020-2021.
  • Atuação na Equipe de Emergência/Pronto Atendimento do Hospital Central da Santa Casa de Misericórdia desde 2017.
caroline-petersen-medica-são-paulo-cirurgia
Feito para você, tire suas dúvidas!

Nosso Blog

pq-pijama-cirurgico-e-azul-ou-verde
Cirurgia Digestiva

Pijama Cirúrgico ser azul ou verde?

Você sabia que existe uma razão muito importante para o Pijama Cirúrgico ser azul ou verde? Essas cores são escolhidas porque são opostas ao vermelho.

leia mais »